Bem-vindo ao Centro Islâmico Brasileiro - Últimos Artigos: O Estatuto da Família no Islam - Ensinamentos islâmicos sobre o controle de doenças contagiosas - Causas da apatia na fé e como remediar - O Pecado e Seus Efeitos em Quem os Comete - O que fazer quando a fé em seu coração está esmorecendo? - Significado da crença em al-Qadar (a vontade e o decreto divinos) - Os Profetas são Iguais? - A virtude de fazer muitos jejuns voluntários no mês de Muharram - Qual a virtude do mês de Muharram? - A facilidade para se converter ao Islam - A Realidade da Crença nos Mensageiros - O verdadeiro significado de ‘ubudiyah (verdadeira submissão a Allah) - Adoração é amor e veneração, não é oneroso ou difícil - Capítulo 106, Coraix (Os Coraixitas) - Capítulo 63, versículos 9-11: Não se torne um dos perdedores -
Este site tem por objetivo divulgar o Islam, seguindo a Ahlus Sunnah wal Jama'a (Seguidores da Sunnah e a Comunidade), o Islam em sua mais pura forma, o Islam que foi ensinado pelo nosso querido Profeta Muhammad (s.a.w.s) e seguido pelos seus Nobres Companheiros (Sahaba).


Ouça o Alcorão
Já está disponível em nosso
site o "Nobre Alcorão e seus
Significados em Português"
saiba mais



Leia o Alcorão
Agora além de poder ouvir a
bela recitação do Alcorão,
você também pode ler,...
saiba mais



Du'as - Súplicas
Aprenda como recitar de maneira correta os du'as (suplicas) em arabe saiba mais


Biblioteca Islâmica
"A teoria da evolução foi
tratada em capítulo à parte,
pelo fato de que constitui a
base de todas..." saiba mais



Assine nosso Jornal
Assine nosso Jornal Islâmico Online e receba no seu email as últimas atualizações do nosso site saiba mais



Perguntas e Respostas
Sinta-se à vontade para tirar todas suas dúvidas referente ao islam, alcorão, profeta mohammad, saiba mais



Civilização Islâmica
Dentro de poucos anos do crescimento do Islam no mundo, grandes civilizações floresceram saiba mais


Convertidos ao Islam

Nesta seção você conhecerá a história de pessoas que descobriram no Islam a Luz para as suas vidas. saiba mais

A Realidade da Crença nos Mensageiros
Clique aqui para retornar às Categorias de Artigos

 

A crença nos Mensageiros implica quatro coisas:

1 – Firme convicção de que Allah enviou a toda nação um Mensageiro dentre eles, para chamá-los à adoração de Allah somente e à descrença de tudo o que é adorado em vez d'Ele, e que eles (os Mensageiros) eram todos verdadeiros, falantes da verdade, virtuosos, sábios, piedosos e honestos, e transmitiram tudo aquilo com que Allah os enviou, não escondendo ou alterando nada. Eles não adicionaram nem uma letra de si mesmos ou omitiram seja o que for.

"Então, não impende aos Mensageiros senão evidente transmissão da Mensagem?" [Al-Nahl 16:35 - interpretação do significado]

A sua mensagem foi a mesma, desde o primeiro até o último deles, com base no princípio do Tawhid, ou seja, que todos os tipos de adoração devem ser dedicados a Allah somente, crenças, palavras e ações, e que tudo o que é adorado em vez de Allah deve ser rejeitado. A prova disso são os versos (interpretação dos significados):

"E não enviamos, antes de ti, Mensageiro algum, sem que lhe revelássemos que não existe deus senão Eu; então, adorai-Me." [al-Anbiya' 21:25]

"E pergunta aos que, de Nossos Mensageiros, enviamos, antes de ti: 'Se Nós fizemos, além d'O Misericordioso, deuses, para serem adorados?'" [al-Zukhruf 43:45]

E há muitos versos semelhantes.

No que diz respeito aos deveres obrigatórios através dos quais Allah é adorado e os pequenos detalhes de legislação, orações e jejuns podem ter sido ordenados a algumas nações, mas não a outras, e algumas coisas podem ter sido proibidas para algumas e permitidas para outras, como um teste de Allah.

"Aquele que criou a morte e a vida, para pôr à prova qual de vós é melhor em obras…" [Al-Mulk 67:2 – interpretação do significado]

A evidência disso está no verso (interpretação do significado):

"Para cada um de vós, fizemos uma legislação e um plano." [Al-Ma'idah 5:48]

Ibn 'Abbas (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: "(Isso significa) uma maneira e um caminho." Mujahid, 'Ikrimah e muitos dos mufassirin (comentaristas) disseram o mesmo.

Em Sahih al-Bukhari (3443) e Sahih Muslim (2365) é narrado que Abu Hurayrah disse: "O Mensageiro de Allah (que a paz e bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: 'Os profetas são como irmãos provenientes de um pai, suas mães são diferentes, mas a sua religião é uma só.'" – ou seja, os profetas estão unidos no princípio do Tawhid, a mensagem com a qual Allah enviou cada Mensageiro, e a que Ele incluiu em cada Livro que Ele revelou, mas suas leis diferiram quanto a ordens e proibições, o que era permitido e o que era proibido.

Quem descrê na mensagem de um deles descrê neles todos, como Allah diz (interpretação do significado):

"O povo de Noé desmentiu aos Mensageiros…" [Al-Shu' ara' 26:105]

Allah descreveu-os como descrentes em todos os Mensageiros mesmo quando não havia nenhum outro Mensageiro para além de Noé no momento em que eles descreram.

2 – A crença nesses Mensageiros cujos nomes sabemos, como Muhammad, Ibrahim, Musa, 'Eesa e Nuh (que as bênçãos e a paz esteja com todos eles). No que diz respeito àqueles que foram mencionados em termos gerais, mas cujos nomes não sabemos, somos obrigados a crer neles, em termos gerais, como Allah diz (interpretação do significado):

"O Mensageiro crê no que foi descido para ele de seu Senhor, e assim também, os crentes. Todos crêem em Allah e em Seus anjos e em Seus Livros e em Seus Mensageiros. E dizem: 'Não fazemos distinção entre nenhum de Seus Mensageiros.' " [Al-Baqarah 2: 285]

"E, com efeito, enviamos Mensageiros, antes de ti. Dentre eles, há os de que te fizemos menção, e dentre eles, há os de que não te fizemos menção." [Ghafir 40:78]

E acreditamos que o Mensageiro Final foi o nosso Profeta Muhammad (que a paz e bênçãos de Allah estejam sobre ele), e não há nenhum profeta depois dele, como Allah diz (interpretação do significado):

"Muhammad não é pai de nenhum de vossos homens, mas sim o Mensageiro de Allah e o selo dos Profetas. E Allah, de todas as cousas, é Onisciente." [al-Ahzab 33:40]

Em al-Bukhari (4416) e Muslim (2404), é narrado a partir de Sa'd ibn Abi Waqqas (que Allah esteja satisfeito com ele) que o Mensageiro de Allah (que a paz e bênçãos de Allah estejam sobre ele) saiu para Tabuk, e nomeou 'Ali como seu vice (em Medina). 'Ali disse: "Você está me deixando a cargo das crianças e das mulheres?" O Profeta (que a paz e bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: "Será que não te agrada que sejas para mim como Harun era para Musa? Mas não haverá nenhum profeta depois de mim."

Allah o favoreceu e o escolheu para grandes bênçãos que não foram dadas a nenhum outro profeta. Por exemplo:

a) Allah o enviou para todas as duas raças da humanidade e jinn, ao passo que cada profeta que viera antes dele foi enviado apenas para o seu próprio povo.

b) Allah o apoiou contra os seus inimigos, incutindo o medo nos corações de todos os seus inimigos dentro do raio de um mês de viagem.

c) A terra foi feita como um lugar de oração e um meio de purificação para ele.

d) O butim de guerra foi feito como admissível para ele, quando este não tinha sido permitido a qualquer profeta antes dele.

e) Será concedida a ele a posição de maior intercessão.

E há muitos outros favores especiais que lhe foram concedidos (que a paz e bênçãos de Allah estejam sobre ele).

3 – Acreditar nos relatos autênticos narrados pelos Mensageiros.

4 – Seguir as leis do Mensageiro que foi enviado para nós, ou seja, o Profeta Final Muhammad (que a paz e bênçãos de Allah estejam sobre ele), que foi enviado para toda a humanidade. Allah diz (interpretação do significado):

"Então, por teu Senhor! Não crerão; até que te tomem por árbitro das dissensões entre eles, em seguida, não encontrem em si mesmos constrangimento no que julgaste, e até que se submetam, completamente." [al-Nisa' 4:65]

Devemos notar que a crença nos mensageiros traz grandes frutos, tais como:

1 – Conhecimento da misericórdia de Allah para com Seus servos e Seu cuidado por eles, visto que Ele enviou mensageiros para orientá-los para o caminho de Allah e para lhes mostrar como adorar a Allah, pois só a razão humana não poderia levar a isso.

2 – Agradecer-Lhe por esta grande bênção.

3 – Amar e venerar os Mensageiros (bênção e paz estejam com eles), e louvá-los da maneira que eles merecem, porque eles são os Mensageiros de Allah, e porque eles adoraram e transmitiram Sua mensagem, e eram sinceros para com Seus servos.

E Allah sabe mais.

Veja A'lam al-Sunnah al-Manshurah, 97-102; Sharh Usul al-Thalathah por Shaykh Ibn 'Uthaymin, 95, 96.

 

https://islamqa.info/pt/categories/very-important/2/answers/8929/a-realidade-da-crenca-nos-mensageiros

Hierarquia do Artigo:
Artigos Variedades A Realidade da Crença nos Mensageiros


Navegação de Artigos:

<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>
Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Página Inicial | Últimos Artigos | Crenças do Islã | A Outra Vida | Evidência do Islã | Religião Comparada | Perguntas e Respostas | Busca | Contato |
Centro Islâmico Brasileiro (c) 2009-2019. Todos os direitos reservados.
Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2019 by Nick Jones.
Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3
voltar ao topo