Bem-vindo ao Centro Islâmico Brasileiro - Últimos Artigos: Uma perspectiva filosófica sobre a singularidade do Alcorão - Tema a Deus onde quer que esteja - Deus & os limites da imaginação humana - Capítulo 3, Aali-Imran (A Família de Imran) (parte 2 de 3) - Capítulo 3, Aali-Imran (A Família de Imran) (parte 1 de 3) - Capítulo 7, Al-A’raaf (Os Cimos) (parte 3 de 3) - Capítulo 6, Al-An’am (O Gado) (parte 3 de 3) - Capítulo 7, Al-A’raaf (Os Cimos) (parte 2 de 3) - Capítulo 7, Al-A’raaf (Os Cimos) (parte 1 de 3) - Capítulo 6, Al-An’am (O Gado) (parte 2 de 3) - Capítulo 6, Al-An’am (O Gado) (parte 1 de 3) - Muhammad & o último dos monoteístas - Sorriso, raiva e consciência plena no Islã (parte 3 de 3) - A cobiça vos entreterá - Confie em Deus e não desista -
Este site tem por objetivo divulgar o Islam, seguindo a Ahlus Sunnah wal Jama'a (Seguidores da Sunnah e a Comunidade), o Islam em sua mais pura forma, o Islam que foi ensinado pelo nosso querido Profeta Muhammad (s.a.w.s) e seguido pelos seus Nobres Companheiros (Sahaba).


Ouça o Alcorão
Já está disponível em nosso
site o "Nobre Alcorão e seus
Significados em Português"
saiba mais



Leia o Alcorão
Agora além de poder ouvir a
bela recitação do Alcorão,
você também pode ler,...
saiba mais



Du'as - Súplicas
Aprenda como recitar de maneira correta os du'as (suplicas) em arabe saiba mais


Biblioteca Islâmica
"A teoria da evolução foi
tratada em capítulo à parte,
pelo fato de que constitui a
base de todas..." saiba mais



Assine nosso Jornal
Assine nosso Jornal Islâmico Online e receba no seu email as últimas atualizações do nosso site saiba mais



Perguntas e Respostas
Sinta-se à vontade para tirar todas suas dúvidas referente ao islam, alcorão, profeta mohammad, saiba mais



Civilização Islâmica
Dentro de poucos anos do crescimento do Islam no mundo, grandes civilizações floresceram saiba mais


Convertidos ao Islam

Nesta seção você conhecerá a história de pessoas que descobriram no Islam a Luz para as suas vidas. saiba mais

Ajuste fino do universo - Resumido (parte 2 de 2)
Clique aqui para retornar às Categorias de Artigos
Descrição: Por que o ajuste fino precisa de uma explicação?  2. Qual é a explicação mais razoável para o ajuste fino?  3. E a hipótese dos multiversos?  4. Conclusão do argumento para a existência de Deus pelo ajuste fino.  Os artigos originais com citações detalhadas podem ser lidos aqui.
  • Por Imam Kamil Mufti (© 2017 IslamReligion.com)

Por que o ajuste fino precisa de uma explicação?

FineTuningSummary2.jpgAlguém pode dizer: "o universo simplesmente é, por que é necessária uma explicação para o ajuste fino?"

Imagine uma máquina criadora do universo, como um cofre gigante com dois tipos de mostradores.  Existem mostradores que fixam as configurações para as leis da física como gravidade, eletromagnetismo e as forças nucleares.  Inicialmente todos os mostradores foram configurados e fixados em números particulares.  Esses números são constantes da natureza e produzem o universo no qual vivemos.

Digamos que você pode mudar os mostradores dessa máquina geradora de universo.  Também há uma tela que mostra o que aconteceria se você alterasse os mostradores, ainda que minimamente.

Você pode alterar os mostradores e apertar o botão de visualização para ver o que pode acontecer.  Você enfraquece a força do eletromagnetismo e a força da gravidade só um pouco.  Então toca o botão de visualização e vê os resultados na tela.  De repente, estrelas, galáxias e planetas começam a cair! Então você aumenta o mostrador da força eletromagnética e, de repente, os planetas não estão no tamanho certo.  São grandes demais para vida.  As estrelas também queimam rapidamente.

O que você inferirá sobre a origem dessas configurações finamente ajustadas do mostrador? Pode ter sido por acaso ou alguém as configurou para um propósito?

Qual é a explicação mais razoável para o ajuste fino?

Para muitos o ajuste fino implica em projeto, mas são ideias separadas. Portanto, discutiremos todas as explicações possíveis para o ajuste fino e ver que a criação divina é a única escolha razoável:

O universo é autoexplicativo

Alguns dizem que o universo é usa própria explicação, ou seja, é autoexplicativo.

Não se preocupe se não compreender o que isso significa, porque a ideia se contradiz.  É logicamente impossível para uma causa provocar um efeito sem existir.

Necessidade

"Necessidade" significa que as constantes e quantidades devem ter os valores que têm.  Mas por que o universo tem que permitir vida? Por que as constantes e condições iniciais têm que ser o que são?

Não existem boas respostas para essas perguntas e, portanto, a necessidade física é implausível uma vez que não há evidência de que universos que permitem vida sejam necessários.

O universo foi criado pelas leis da física ou autogerado

Se um bolo não pode gerar a si mesmo, como um universo pode gerar a si mesmo? É difícil de acreditar, mas alguns ateus sugerem que o universo passou a existir por uma teoria, leis da física ou matemática.

Primeiro, atribuir inteligência a leis matemáticas e acreditar que podem ser inteligentes não faz sentido.

Segundo, explicações de fenômenos físicos como o nascer do sol no Oriente com leis da física são descritivas e preditivas, mas não criativas.  Quem criou essas leis? Substitua o universo por um motor a jato.  Leis da física podem explicar como o motor a jato funciona, mas não como passou a existir, em primeiro lugar.

Acaso ou força bruta?

O ajuste fino pode ser resultado de acaso? Pode ser um acidente que todas as constantes e condições iniciais tenham caído na faixa que permite vida? O problema é que as chances de um universo que permite vida existir são tão remotas que essa alternativa não é razoável.  Nenhum físico respeitável (incluindo ateus), acredita que o ajuste fino pode ser explicado por puro acaso.

Digamos que você é arrastado para a frente de um pelotão de fuzilamento de 100 atiradores treinados e de pé a pouca distância.  Você ouve "Preparar! Apontar! Fogo!" Então ouve o som de armas, mas, surpreendentemente, ainda está vivo! Todos os 100 atiradores erraram? A que conclusão chegaria?

Você diria: "Acho que não devia me surpreender que todos erraram! Afinal, se não tivessem errado, não estaria aqui! Não há mais nada a explicar!"

Nenhuma pessoa em seu juízo perfeito aceitará essa explicação.  À luz da enorme improbabilidade de todos os atiradores errarem, uma conclusão razoável será que todos erraram de propósito.

E a hipótese dos multiversos?

Primeiro, é importante saber o que é naturalismo.  Naturalismo é a crença de que somente devem ser consideradas explicações naturais (em oposição às sobrenaturais).  Uma vez que um Projetista/Criador seria considerado sobrenatural, o naturalismo exclui essa explicação, independente da evidência.

Portanto, devido ao fato de não ter sido encontrada nenhuma explicação natural para o ajuste fino, alguns físicos recorrem a uma explicação naturalística - multiverso (universos múltiplos).

De acordo com essa ideia, existe um número enorme de universos com condições iniciais, valores de constantes e até leis da física diferentes.  Nosso universo é apenas um membro desse "multiverso" em (provavelmente) universos aleatórios infinitos.  Se todos esses mundos realmente existem então, por acaso, universos que permitem vida terão observadores neles e eles observarão como seu mundo é finamente ajustado.  Assim, não há necessidade de dizer que nosso universo foi finamente ajustado, simplesmente por acaso, algum universo terá a "combinação vencedora" para a vida.  É exatamente como se produz bilhetes de loteria.  Mesmo que seja uma chance em 10 milhões, o bilhete ganhador vai aparecer no final.  De acordo com essa ideia, os seres humanos são ganhadores de uma "loteria cósmica". Quando ela aparece, os humanos evoluem, olham para trás e dizem: "tivemos sorte!"

Primeira consideração: Não há nenhuma evidência que prove a existência desses universos multiversos.  Por questão de princípio, não conseguimos nem mesmo observá-los.  É por isso que a ideia tem sido fortemente criticada por cientistas de destaque.

Segunda consideração: viola o princípio da Navalha de Ockham, que afirma que a explicação mais plausível é aquela com o menor número de suposições e condições.

Terceira consideração: Todas as teorias do multiverso de fato têm requisitos de ajuste fino.  Consequentemente, o ajuste fino de um "multiverso" precisará de uma explicação.

Quarta consideração: Uma vez que o multiverso não pode ser observado, como alguém pode saber que os outros mundos são menos ordenados e mais caóticos e infrutíferos que o nosso?

Quinta consideração: Apesar de no momento presente não haver evidência científica de que o multiverso existe, não parece haver necessidade de negar essa possibilidade.  O interessante é que existe um teorema importante que afirma que mesmo que se um multiverso que gerou nosso universo existisse, ele deve ter um começo! Consequentemente, será melhor explicado pelo projeto de um Criador poderoso e não acaso.

Para resumir, a hipótese de multiverso é puramente especulativa.  Mesmo que venha a ter mérito científico, ela é totalmente compatível com a crença em Deus.

Conclusão

Depois de exaurir todas as explicações causativas possíveis mutuamente exaustivas, o ajuste fino de nosso universo é explicado da melhor forma como sendo o "projeto" de um Criador imensamente poderoso e sábio.  A criação divina, não o acaso, é a explicação mais convincente e razoável para o ajuste fino do universo.

Universo ou multiverso, o ajuste fino ganha.  Cabeças ou rabos, o Criador ganha.

 

http://www.islamreligion.com/pt/articles/10548/ajuste-fino-do-universo-8722-resumido-parte-2-de-2/

Hierarquia do Artigo:
Artigos Evidência de que o Islã é a Verdade Ajuste fino do universo - Resumido (parte 2 de 2)


Navegação de Artigos:

<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>
Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Página Inicial | Últimos Artigos | Crenças do Islã | A Outra Vida | Evidência do Islã | Religião Comparada | Perguntas e Respostas | Busca | Contato |
Centro Islâmico Brasileiro (c) 2009-2017. Todos os direitos reservados.
Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones.
Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3
voltar ao topo