Bem-vindo ao Centro Islâmico Brasileiro - Últimos Artigos: Capítulo 108, Al-Kawthar (A Abundância) - A história de Abdur-Rahman Ibn Awf - Capítulo 113, Al-Falaq (A Alvorada) - Capítulo 114, An-Nas (Os Humanos) - Capítulo 3, versículos 159 & 160 - Capítulo 3, versículos 144 e 145 - Capítulo 32, As-Sajdah (A Prostração) - Capítulo 28, Al-Qasas (As Narrativas) (parte 2 de 2) - Capítulo 28, Al-Qasas (As Narrativas) (parte 1 de 2) - As origens pagãs do Natal - Capítulo 26, Ash-Shu'ara (Os Poetas) - Capítulo 27, An-Naml (As Formigas) - O Conceito de Ummah no Islã - Islã Entra no Extremo Oriente - Os Coranistas (Coranismo) -
Este site tem por objetivo divulgar o Islam, seguindo a Ahlus Sunnah wal Jama'a (Seguidores da Sunnah e a Comunidade), o Islam em sua mais pura forma, o Islam que foi ensinado pelo nosso querido Profeta Muhammad (s.a.w.s) e seguido pelos seus Nobres Companheiros (Sahaba).


Ouça o Alcorão
Já está disponível em nosso
site o "Nobre Alcorão e seus
Significados em Português"
saiba mais



Leia o Alcorão
Agora além de poder ouvir a
bela recitação do Alcorão,
você também pode ler,...
saiba mais



Du'as - Súplicas
Aprenda como recitar de maneira correta os du'as (suplicas) em arabe saiba mais


Biblioteca Islâmica
"A teoria da evolução foi
tratada em capítulo à parte,
pelo fato de que constitui a
base de todas..." saiba mais



Assine nosso Jornal
Assine nosso Jornal Islâmico Online e receba no seu email as últimas atualizações do nosso site saiba mais



Perguntas e Respostas
Sinta-se à vontade para tirar todas suas dúvidas referente ao islam, alcorão, profeta mohammad, saiba mais



Civilização Islâmica
Dentro de poucos anos do crescimento do Islam no mundo, grandes civilizações floresceram saiba mais


Convertidos ao Islam

Nesta seção você conhecerá a história de pessoas que descobriram no Islam a Luz para as suas vidas. saiba mais

Capítulo 114, An-Nas (Os Humanos)
Clique aqui para retornar às Categorias de Artigos

http://getwallpapers.com/wallpaper/full/d/3/4/73439.jpg

 

Descrição: Seis versículos finais do Alcorão nos instruindo como procurar refúgio com Deus de todas as fontes do mal.

Por Aisha Stacey (© 2019 IslamReligion.com)

 

Este é o capítulo final do Alcorão e é o segundo de dois capítulos que foram revelados ao mesmo tempo.  Estes seis versículos curtos e o capítulo anterior são geralmente pensados como tendo sido revelados em Meca, embora haja alguma disputa acadêmica sobre isso.  Seu assunto e temas são semelhantes, e eles são conhecidos em conjunto como os "capítulos de refúgio". Ambos os capítulos finais são usados como invocações contra o mal. O título deste capítulo é 'Os Humanos'.  Recebe o nome da última palavra no primeiro versículo, onde Deus Se refere a si mesmo como o Senhor de todas as pessoas.

No final do capítulo 113, buscamos refúgio do dano causado pela inveja e pelo ciúme e, assim, passamos diretamente para o capítulo 114, onde somos exortados a buscar refúgio daquele que é o mais ciumento e causa o maior ciúme e inveja nos corações das pessoas - Satanás.  Os males mencionados no capítulo anterior são aqueles que estão fora de nosso controle.  No entanto, neste capítulo, os males são aqueles pelos quais nós mesmos somos responsáveis e, portanto, em certa medida, estes são os males maiores.

O capítulo final começa com a mesma palavra que os dois capítulos antes dele.  Essa palavra é 'dize' ou na língua árabe Qul . Juntos, os capítulos 112, 113, e 114 são conhecidos como os 'três quls'.  Há muitas tradições autênticas do Profeta Muhammad, que a misericórdia e as bênçãos de Deus estejam sobre ele, e seus companheiros que recomendavam recitar os três últimos capítulos quando se busca a proteção de Deus durante o dia ou à noite.  Assim, no capítulo 114, Deus diz, quando você procurar refúgio em Mim diga estas palavras.

Versículos 1 - 3 O Senhor, Rei e Deus

Deus está nos dizendo para nos humilharmos e pedir-Lhe ajuda.  A palavra dize é um comando.  Buscar refúgio, Deus diz, em Mim, o Senhor, Mestre e Protetor de todas as pessoas, de toda a humanidade.  Buscar refúgio no Rei, ou Governante de todas as pessoas.  Aqui Deus está dizendo que Ele é o Único com toda a autoridade e, portanto, devemos ir direto a Ele.  Não há necessidade de um intercessor ou uma pessoa que só pode resolver um pouco do problema.  Vá direto ao topo.

As pessoas tendem a deixar para buscar a proteção de Deus como o último recurso.  Isto não é o caminho pretendido por Deus.  Ele está nos dizendo que Ele é a fonte de toda a proteção e a primeira e única linha de defesa.  Ele é o Mestre, o Rei e o Deus de toda a humanidade.  Busque o seu refúgio com Ele.  Deus somente é o Único que tem todo o controle, o único Governante e a única Deidade; não há ninguém além Dele para buscar refúgio.  Peça a Ele.

Nos três primeiros versículos, Deus menciona três dos Seus atributos, o Senhor, o Rei e o Deus (ou Deidade).   A palavra Nas ou seja, todas as pessoas, também é mencionada três vezes, isso contribui para o ritmo do capítulo, salientando cada ponto.    Uma das palavras raiz da palavra nas é nasiyya - ser esquecido.  Uma das características inerentes das pessoas é ser esquecido; assim, este capítulo poderoso e rítmico é um lembrete para aqueles de nós que se esquecem de que Deus é nosso único refúgio.  Além disso, Deus deu a Satanás o poder de fazer as pessoas se esquecerem.  Por isso, Deus nos ordena a buscar refúgio Nele e depois nos diz de quem estamos buscando refúgio.

Versículos 4 - 6 O sussurrador

Deus nos diz muito claramente a identidade deste sussurrador malfeitor para que sejamos alertados e estejamos sempre vigilantes.  Satanás é aquele que está continuamente executando seu papel.  Ele está obcecado com isso e não vai parar.  Precisamos, portanto, estar em guarda e sempre vigilantes porque Satanás não cessará seu sussurro e ele é sorrateiro.  Ele opera secretamente, oculto, sussurrando no escuro, e nos recessos sombrios de nossas mentes.   Entretanto, fomos advertidos; sabemos que a única maneira de dominar essa ameaça é buscar refúgio com Deus.  Esta é a arma mais poderosa.   A única maneira de derrotar Satanás é se recordar de Deus e saber que é nossa fé que vai derrubar esta ameaça sussurrante.

Descrever Satanás como malfeitor é muito significativo, pois indica a fraqueza intrínseca de Satanás.  Ele humildemente se retira quando ele é confrontado abertamente.  Satanás se coloca perto do coração do crente e sussurra, mas quando o crente se lembra de Deus e busca a Sua proteção, Satanás recua e se retira.   Satanás também pode transferir essa tarefa de distração e sussurro para outros.  Deus nos diz no último versículo que sussurros do mal podem vir de pessoas, bem como de Satanás e sua laia.  Os pensamentos nocivos, sugestões e sussurros não precisam ser sempre Satanás; eles podem vir através de outras pessoas, outros gênios e de circunstâncias do mal que podem comumente nos cercar.

Assim, este capítulo não só nos protege dos sussurros de Satanás, mas também das sugestões do mal de nossos companheiros humanos.  Se você sentir os sussurros de Satanás ou se sentir tentado pelas ações daqueles ao seu redor chamando-o para atos maléficos, prejudiciais ou de desobediência-recite este capítulo, obedeça a Deus e busque a Sua proteção.

 

https://www.islamreligion.com/pt/articles/11153/capitulo-114-an-nas-os-humanos/

Hierarquia do Artigo:
Artigos O Alcorão Sagrado Capítulo 114, An-Nas (Os Humanos)


Navegação de Artigos:

<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>
Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Página Inicial | Últimos Artigos | Crenças do Islã | A Outra Vida | Evidência do Islã | Religião Comparada | Perguntas e Respostas | Busca | Contato |
Centro Islâmico Brasileiro (c) 2009-2019. Todos os direitos reservados.
Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2019 by Nick Jones.
Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3
voltar ao topo