Bem-vindo ao Centro Islâmico Brasileiro - Últimos Artigos: Perguntas sobre a Outra Vida - Capítulo 36 , Ya Sin (Ya Sin) - Capítulo 3, Versículos 78-80: Crenças imperfeitas - Capítulo 2, Versículo 177: O versículo da virtude - Capítulo 2, Versículos 165 - 167: O maior pecado e como ser salvo - A Assembleia Diária do Profeta (parte 2 de 2) - A Assembleia Diária do Profeta (parte 1 de 2) - Capítulo 17, Al-Isra (A Viagem Noturna) (parte 2 de 2) - Capítulo 17, Al-Isra (A Viagem Noturna) (parte 1 de 2) - Capítulo 5, Al-Maidah (A Mesa Servida) (Parte 3 de 3) - Capítulo 5, Al-Maidah (A Mesa Servida) (Parte 2 de 3) - Capítulo 5, Al-Maidah (A Mesa Servida) (Parte 1 de 3) - Capítulo 4, An Nisa (As Mulheres) (parte 3 de 3) - Capítulo 4, An Nisa (As Mulheres) (parte 2 de 3) - Capítulo 4, An Nisa (As Mulheres) (parte 1 de 3) -
Este site tem por objetivo divulgar o Islam, seguindo a Ahlus Sunnah wal Jama'a (Seguidores da Sunnah e a Comunidade), o Islam em sua mais pura forma, o Islam que foi ensinado pelo nosso querido Profeta Muhammad (s.a.w.s) e seguido pelos seus Nobres Companheiros (Sahaba).


Ouça o Alcorão
Já está disponível em nosso
site o "Nobre Alcorão e seus
Significados em Português"
saiba mais



Leia o Alcorão
Agora além de poder ouvir a
bela recitação do Alcorão,
você também pode ler,...
saiba mais



Du'as - Súplicas
Aprenda como recitar de maneira correta os du'as (suplicas) em arabe saiba mais


Biblioteca Islâmica
"A teoria da evolução foi
tratada em capítulo à parte,
pelo fato de que constitui a
base de todas..." saiba mais



Assine nosso Jornal
Assine nosso Jornal Islâmico Online e receba no seu email as últimas atualizações do nosso site saiba mais



Perguntas e Respostas
Sinta-se à vontade para tirar todas suas dúvidas referente ao islam, alcorão, profeta mohammad, saiba mais



Civilização Islâmica
Dentro de poucos anos do crescimento do Islam no mundo, grandes civilizações floresceram saiba mais


Convertidos ao Islam

Nesta seção você conhecerá a história de pessoas que descobriram no Islam a Luz para as suas vidas. saiba mais

Capítulo 2, Versículos 165 - 167: O maior pecado e como ser salvo
Clique aqui para retornar às Categorias de Artigos

Descrição: Três versículos que explicam claramente o que acontecerá se adorarmos algo diferente de Deus.

Por Aisha Stacey (© 2018 IslamReligion.com)

 

https://i.pinimg.com/originals/30/2e/3d/302e3dfe89d416df7ef3d19eca679567.jpg"Entre os humanos há aqueles que adotam, em vez de Deus, rivais (a Ele) aos quais professam igual amor que a Ele; mas os crentes só amam fervorosamente a Deus. Ah, se os iníquos pudessem ver (a situação em que estarão) quando virem o castigo (que os espera!), concluirão que o poder pertence a Deus e Ele é Severíssimo no castigo. Então, os chefes negarão os seus prosélitos, virão o tormento e romper-se-ão os vínculos que os uniam. E os prosélitos dirão: Ah, se pudéssemos voltar (a terra), repudiá-los-íamos como eles nos repudiaram! Assim Deus lhes demostrará que suas ações são a causa de seus lamentos, e jamais se salvarão do fogo infernal." [Alcorão 165-167]

Os três versículos essenciais que estamos discutindo aqui vêm da porção intermediária do Capítulo 2, A Vaca (Al-Baqarah).  Este capítulo de 286 versículos é o mais longo do Alcorão e foi revelado em Medina.  Depois da migração para Medina, os muçulmanos começaram a se concentrar na construção de uma comunidade e, portanto, os capítulos revelados ali tendiam a se concentrar nas regras.  No entanto, A Vaca foi revelada durante um longo período de tempo e seu assunto abrange uma série de questões, incluindo doutrinas da fé e conceitos fundamentais.  Esses três versículos são considerados essenciais porque revelam um amargo fim para aqueles que escolhem adorar algo diferente de Deus.

No versículo anterior a esses versículos, Deus descreve uma série de Suas bênçãos, particularmente aquelas que vêm das maravilhas do universo.  Ele então começa nossos versículos essenciais expressando incredulidade no fato de que, embora a humanidade conheça e tenha experiência com essas coisas, ainda existam algumas pessoas que fazem uma escolha consciente de adorar a outro que não seja Ele (Deus).  Amam essas estátuas, ídolos, pessoas ou coisas com um compromisso que pertence somente a Deus e isso não é racional.  Deus deu à humanidade uma miríade de sinais, sinais que se adequam a todas as formas de lógica e às diferentes necessidades dos seres humanos.   No entanto, em vez de chegar à conclusão mais lógica, algumas pessoas escolhem adorar pedras, estátuas, árvores ou estrelas.  A adoração é devida somente a Deus.  Ser dedicado a algo diferente Dele é um passatempo perigoso.

O profeta Muhammad, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele, também sempre enfatizou a importância de não adorar outra coisa senão Deus.  Certa manhã, após a oração, o Profeta Muhammad explicou aos seus companheiros a importância de reconhecer o poder completo de Deus sobre todas as coisas.  Disse que Deus disse: "Esta manhã um dos Meus servos tornou-se crente em Mim e um se tornou um descrente. Quanto àquele que disse: 'Recebemos chuva pela graça de Deus e pela Sua misericórdia', aquele é um crente em Mim e descrente nas estrelas; e quanto àquele que disse: 'Recebemos chuva enviada por tal e tal estrela, é um descrente em Mim e crente nas estrelas' ".[1]

Verdadeiros crentes são aqueles que tomam Deus como sua única divindade e O amam acima de tudo.   Eles O obedecem, temem Seu castigo e esperam por Sua misericórdia e perdão.  São os únicos que serão bem sucedidos.

Se aqueles que são injustos com Deus, isto é, não observarem o Seu direito de ser o Único a ser adorado, pudessem ver o que acontecerá com eles no Dia do Juízo, não teriam dúvida de que Deus é o Mais Poderoso e que Ele é severo em Sua retribuição.

No Dia do Juízo Final, os chamados líderes religiosos se desassociarão de seus seguidores crédulos, que foram presas fáceis de seu engodo.  Naquele dia fatídico, aqueles que foram seguidos admitirão aos seus seguidores que eles próprios estavam errados.  Além disso, o próprio Satanás denunciará seus seguidores e declarará sua crença em Deus.  Não tive autoridade sobre você, ele dirá, você escolheu me seguir.[2] Quaisquer laços que existam entre o seguido e os seguidores serão quebrados, descartados em face do que finalmente compreendem.

Os seguidores implorarão por uma chance de retornar às suas vidas anteriores.  Desejarão renunciar a todas as coisas que adoraram em vez de Deus, mas, infelizmente, será tarde demais.  Deus lhes mostrará seus feitos e os frutos de seus labores e perceberão que nunca serão capazes de emergir do inferno.  Eles se arrependerão de não ouvir as palavras dos mensageiros e profetas que foram enviados entre eles.  Muitos se arrependerão de não ouvir as palavras do Profeta Muhammad e não levar a sério os versículos do Alcorão.  Aqueles que zombaram dos versículos desejarão ouvi-los sendo recitados e ansiarão por uma chance de ouvi-los e arrepender-se.  Mas isso não lhes será concedido.

A crença mais fundamental no Islã é a crença em um só Deus.  Forma a base do Islã e é mencionada repetidas vezes nos versículos do Alcorão.  Os humanos foram criados para adorar a Deus.[3] Assim, parece lógico que dar adoração ou obediência a algo diferente de Deus seja um grande pecado; um que não pode ser perdoado.  Se uma pessoa morre sem ter se arrependido deste pecado mais grave, sua Vida Futura será de castigo e Fogo do Inferno.  Estes três versículos essenciais enfatizam a importância de se manter longe do politeísmo.  O profeta Muhammad disse que quem morresse alegando que Deus tinha um rival entraria no inferno.[4]



Notas de rodapé:

[1] Saheeh Bukhari e Muslim.

[2] Alcorão 14:22

[3] Alcorão 51:56

[4] Saheeh Bukhari

 

https://www.islamreligion.com/pt/articles/11166/capitulo-2-versiculos-165-167/

Hierarquia do Artigo:
Artigos O Alcorão Sagrado Capítulo 2, Versículos 165 - 167: O maior pecado e como ser salvo


Navegação de Artigos:

<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>
Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Página Inicial | Últimos Artigos | Crenças do Islã | A Outra Vida | Evidência do Islã | Religião Comparada | Perguntas e Respostas | Busca | Contato |
Centro Islâmico Brasileiro (c) 2009-2018. Todos os direitos reservados.
Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2018 by Nick Jones.
Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3
voltar ao topo