Bem-vindo ao Centro Islâmico Brasileiro - Últimos Artigos: A Assembleia Diária do Profeta (parte 2 de 2) - A Assembleia Diária do Profeta (parte 1 de 2) - Capítulo 17, Al-Isra (A Viagem Noturna) (parte 2 de 2) - Capítulo 17, Al-Isra (A Viagem Noturna) (parte 1 de 2) - Capítulo 5, Al-Maidah (A Mesa Servida) (Parte 3 de 3) - Capítulo 5, Al-Maidah (A Mesa Servida) (Parte 2 de 3) - Capítulo 5, Al-Maidah (A Mesa Servida) (Parte 1 de 3) - Capítulo 4, An Nisa (As Mulheres) (parte 3 de 3) - Capítulo 4, An Nisa (As Mulheres) (parte 2 de 3) - Capítulo 4, An Nisa (As Mulheres) (parte 1 de 3) - Capítulo 18 Al-Kahf (A Caverna) (parte 2 de 2) - Capítulo 18, Al-Kahf (A Caverna) (parte 1 de 2) - Capítulo 80, Versículos 33-42: Uma Descrição do Dia do Julgamento - Capítulo 87 Al-A'la (O mais elevado) - Capítulo 89 Al-Fajr (A Alvorada) -
Este site tem por objetivo divulgar o Islam, seguindo a Ahlus Sunnah wal Jama'a (Seguidores da Sunnah e a Comunidade), o Islam em sua mais pura forma, o Islam que foi ensinado pelo nosso querido Profeta Muhammad (s.a.w.s) e seguido pelos seus Nobres Companheiros (Sahaba).


Ouça o Alcorão
Já está disponível em nosso
site o "Nobre Alcorão e seus
Significados em Português"
saiba mais



Leia o Alcorão
Agora além de poder ouvir a
bela recitação do Alcorão,
você também pode ler,...
saiba mais



Du'as - Súplicas
Aprenda como recitar de maneira correta os du'as (suplicas) em arabe saiba mais


Biblioteca Islâmica
"A teoria da evolução foi
tratada em capítulo à parte,
pelo fato de que constitui a
base de todas..." saiba mais



Assine nosso Jornal
Assine nosso Jornal Islâmico Online e receba no seu email as últimas atualizações do nosso site saiba mais



Perguntas e Respostas
Sinta-se à vontade para tirar todas suas dúvidas referente ao islam, alcorão, profeta mohammad, saiba mais



Civilização Islâmica
Dentro de poucos anos do crescimento do Islam no mundo, grandes civilizações floresceram saiba mais


Convertidos ao Islam

Nesta seção você conhecerá a história de pessoas que descobriram no Islam a Luz para as suas vidas. saiba mais

Capítulo 3, Aali-imran (A Família de Imran) (parte 3 de 3)
Clique aqui para retornar às Categorias de Artigos

Descrição: Paciência e coragem são recompensadas.  Esse mundo não é mais que uma ilusão transitória.

Por Aisha Stacey (© 2017IslamReligion.com)

 

Versículos 130 - 145 Um teste

Deus alerta os crentes contra a usura (interesse composto que dobra e redobra).  Tema a Deus e obedeça a Seu Mensageiro.  Ele ama os que levam vidas boas, dão generosamente, controlam sua raiva e buscam perdão para seus pecados.  Sua recompensa é perdão e Paraíso.  Viaje pela terra e veja a história daqueles que descreram ou rejeitaram a verdade.  O Alcorão é uma orientação para todas as pessoas.  Não fique abatido se sofrer, porque os dias se alternam e alguns são melhores que outros.  Deus espera ver os verdadeiros crentes, aqueles que se empenharão e permanecerão perseverantes.

O profeta Muhammad, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele, era um mensageiro e outros como ele passaram por esse mundo antes dele.  Deus pergunta aos crentes se o profeta Muhammad morresse, se rejeitariam sua mensagem.  Fazê-lo não prejudicaria Deus.  Ninguém morre sem a permissão de Deus e ele morre em um momento pré-determinado.  Os que trabalham apenas por essa vida, receberão o que Deus decide para eles e não terão uma parte na Outra Vida.  E os que trabalham pela Outra Vida, Deus lhes dará uma parte na Outra Vida, junto com o que decidir para eles nessa vida.

Versículos 146 - 152 Permanecer perseverante

No passado muitos profetas lutaram de maneira perseverante por Deus, alguns com muitos seguidores, e não cederam aos adversários ou descrença.  Apenas pediram perdão e vitória sobre os descrentes.  Foram recompensados nessa vida e a recompensa espera por eles na Outra Vida.  Se os crentes obedecem aos descrentes, serão perdedores.  Deus é seu Protetor e lançará temor nos corações dos descrentes.  Deus aborda aqueles que lutaram na batalha de Uhud, perderam a coragem e desobedeceram a uma ordem.  Deus diz, alguns desejaram esse mundo, outros a Outra Vida, e foram derrotados.  Foi um teste.  Já foram perdoados.

Versículos 153 - 159 Deus perdoa

Os que fugiram da batalha, apesar de o profeta Muhammad chamá-los, não receberam nenhuma recompensa exceto tristeza e sofrimento.  Foi para ensiná-los uma lição de não sofrerem pelo que podia ter acontecido.   Deus perdoou-os, fez com que a calma descendesse e alguns caíram no sono em segurança, mas outros ficaram ansiosos e desconfiados dos motivos de Deus.  Foi dito ao profeta Muhammad para dizer-lhes que nada salvaria os que estavam destinados a morrer, tivessem eles lutado espontaneamente ou não, ou mesmo se tivessem se escondido em suas casas.  No dia da batalha os que fugiram o fizeram por causa da influência de Satanás sobre eles.  Também foram perdoados.

Os crentes são lembrados a não pensarem que se seus irmãos tivessem ficado em casa ao invés de viajar ou lutar pela causa de Deus, teriam ficado a salvo e não teriam morrido.  Isso está errado.  Deus tem controle sobre vida e morte.  Não há motivo para arrependimento, porque se morrer em casa ou for morto retornará para Deus.  Pela misericórdia de Deus o profeta Muhammad foi leniente.  Se os tivesse tratado de maneira rude, o teriam abandonado.   Foi dito ao profeta Muhammad para perdoá-los, pedir perdão por eles e consultá-los.  Adotar um curso de ação e então se apoiar em Deus. Isso é o que Deus ama.

Versículos 160 - 168 Crentes verdadeiros ou hipócritas?

Se Deus o ajuda, ninguém pode superá-lo, mas se Ele o abandona, ninguém pode ajudá-lo.  Portanto, os crentes devem ter toda confiança em Deus.  É inconcebível que qualquer profeta recusasse os espólios de guerra dos crentes.  Quem engana os outros prestará contas a Deus no Dia do Juízo.

Uma pessoa que busca a satisfação de Deus não se comporta como uma pessoa que incorreu na ira de Deus.  Aos olhos de Deus estão em dois níveis completamente diferentes.  Foi um grande favor de Deus quando o profeta Muhammad foi transformado em mensageiro para seu povo.  Está entre eles recitando o Alcorão, purificando-os e ensinando-os a como se comportarem, apesar de antes disso estarem claramente em desvio.

O que aconteceu no dia da batalha (Uhud) foi um teste de Deus para ver quem eram os verdadeiros crentes e quem eram os hipócritas.  Naquele dia os hipócritas estavam mais próximos da descrença quando falaram com suas bocas o que não estava em seus corações.  Deus sabe o que está oculto.

Versículos 169 - 179 Graça e generosidade

Os que foram mortos servindo a Deus não estão mortos, mas vivos e felizes.  Estão recebendo a graça e generosidade de Deus e sabem que a recompensa dos crentes não será perdida.  Os que permanecem fiéis depois de sofrerem derrota terão uma grande recompensa.  Os que ignoraram as palavras dos hipócritas que tentavam instilar o temor não sofreram dano, mas ao invés disso também receberam graça e generosidade de Deus.  Deus revela que foi Satanás tentando instilar o medo, mas lembra aos crentes para não temê-lo.  Diz temam somente a Mim (Deus).

Deus diz ao profeta Muhammad para não sofrer por aqueles que voltam para a descrença.  Não prejudicarão a Deus em nada e encontrarão um tormento terrível esperando por eles na Outra Vida.  Aqueles que trocam a fé pela descrença também enfrentarão uma punição dura.  Alguns descrentes recebem mais tempo nessa terra, mas isso não é uma recompensa e sim uma forma de aumentar sua carga de pecados.  Deus separará os crentes dos hipócritas, mas não pela revelação do invisível.  Se quiser saber sobre o invisível, saiba disso, Deus escolhe quem quiser para ser um mensageiro. Então, creia em Deus e Seu mensageiro e proteja-se do mal.

Versículos 180 - 195 Uma ilusão

Os que são mesquinhos ao dar caridade encontrarão o que retiveram pendurado em seus pescoços no Dia do Juízo.  Os Filhos de Israel são perguntados sobre a matança de seus profetas e lembrados do fogo que os espera.  Ser mantido longe do Fogo e admitido nos jardins do Paraíso é o sucesso verdadeiro e a vida desse mundo terreno não é nada mais que uma ilusão e um teste.  O crente sofrerá muito abuso nas mãos do Povo do Livro e dos politeístas.  Quando Deus confiou ao Povo do Livro a propagação de Sua mensagem eles a ocultaram e a venderam por um preço insignificante.  Foi uma péssima barganha e será pagos integralmente com um tormento agonizante.

Deus tem poder sobre tudo; a criação do universo e sua precisão é um sinal para os que compreendem.  Aqueles que se lembram de Deus são os que compreendem. Acreditam em Deus e Sua promessa de Paraíso e pedem perdão.  Quando chamam, Deus responde prometendo que suas boas ações nunca serão perdidas e que os que fugiram de suas casas ou foram expulsos, ou suportaram sofrimento por Deus, serão recompensados com o Paraíso.

Versículos 196 -200 Paciência recompensada

Não ser perturbado pela liberdade e facilidade dos descrentes, porque a alegria deles será breve e o destino final é o Inferno.  Os crentes ganharão o Paraíso.  Entre o Povo do Livro existem os que creem em Deus e Suas revelações com submissão, ou seja, aceitam sinceramente o Islã. Certamente terão sua recompensa.  Os crentes são lembrados a estarem conscientes de Deus, serem pacientes e perseverantes.

 

https://www.islamreligion.com/pt/articles/10980/capitulo-3-aali-imran-familia-de-imran-parte-3-de-3/

Hierarquia do Artigo:
Artigos O Alcorão Sagrado Capítulo 3, Aali-imran (A Família de Imran) (parte 3 de 3)


Navegação de Artigos:

<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>
Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Página Inicial | Últimos Artigos | Crenças do Islã | A Outra Vida | Evidência do Islã | Religião Comparada | Perguntas e Respostas | Busca | Contato |
Centro Islâmico Brasileiro (c) 2009-2018. Todos os direitos reservados.
Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2018 by Nick Jones.
Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3
voltar ao topo