Bem-vindo ao Centro Islâmico Brasileiro - Últimos Artigos: Como devemos saudar o mês do Ramadan? - A virtude do Ramadan é alcançada pelo jejum em todos os dias - Parecer sobre aquele que esquece de repor jejuns perdidos - Por que os muçulmanos jejuam? - Responsabilidades de uma esposa para com seus pais - A sabedoria por trás do oferecimento da oração - A sabedoria provinda da prescrição do zakaah - Jogos, entre o que é lícito e o que é ilícito - Vontade e Decreto Divino - Condições das boas ações - Reflexão sob a visão do Islam - Como lidar com o vício das drogas? - Relações via Internet - Evidências para a validade do Islam - Razões detalhadas para o castigo no túmulo -
Este site tem por objetivo divulgar o Islam, seguindo a Ahlus Sunnah wal Jama'a (Seguidores da Sunnah e a Comunidade), o Islam em sua mais pura forma, o Islam que foi ensinado pelo nosso querido Profeta Muhammad (s.a.w.s) e seguido pelos seus Nobres Companheiros (Sahaba).


Ouça o Alcorão
Já está disponível em nosso
site o "Nobre Alcorão e seus
Significados em Português"
saiba mais



Leia o Alcorão
Agora além de poder ouvir a
bela recitação do Alcorão,
você também pode ler,...
saiba mais



Du'as - Súplicas
Aprenda como recitar de maneira correta os du'as (suplicas) em arabe saiba mais


Biblioteca Islâmica
"A teoria da evolução foi
tratada em capítulo à parte,
pelo fato de que constitui a
base de todas..." saiba mais



Assine nosso Jornal
Assine nosso Jornal Islâmico Online e receba no seu email as últimas atualizações do nosso site saiba mais



Perguntas e Respostas
Sinta-se à vontade para tirar todas suas dúvidas referente ao islam, alcorão, profeta mohammad, saiba mais



Civilização Islâmica
Dentro de poucos anos do crescimento do Islam no mundo, grandes civilizações floresceram saiba mais


Convertidos ao Islam

Nesta seção você conhecerá a história de pessoas que descobriram no Islam a Luz para as suas vidas. saiba mais

O que leva as pessoas a se converterem ao Islã (parte 2 de 2)
Clique aqui para retornar às Categorias de Artigos
Descrição: O desafio do Alcorão ao intelecto.
Por Baseado em um artigo em iqrasense.com
Publicado em 21 Sep 2015 - Última modificação em 21 Sep 2015
Visualizado: 228 (média diária: 15) - Classificação: nenhum ainda - Classificado por: 0
Impresso: 2 - Enviado por email: 0 - Comentado em: 0

Categoria: Artigos > Como se Converter ao Islã > Como se Converter ao Islã e se Tornar um Muçulmano

O Alcorão desafia a humanidade a pensar, refletir e ponderar sobre suas questões em várias ocasiões.  Aqui está um pouco do que o Alcorão afirma:

· Assim elucidamos os versículos (e seus significados) àqueles que refletem. (Jonas, Alcorão 10:24)

· Porventura não refletem em si mesmos? Deus não criou os céus, a terra e o que existe entre ambos, senão com prudência e por um término prefixado. Porém, certamente muitos dos humanos negam o comparecimento ante o seu Senhor. (Os Romanos Alcorão 30:8)

· Ele é Quem estabeleceu a noite para vosso descanso e o dia luzente, para tornar as coisas visíveis. Nisto há sinais para os que escutam. (Jonas, Alcorão 10:67)

· Pensa, acaso, o homem, que será deixado sem propósito? (A Ressurreição, Alcorão 75:35)

· E supusestes que vos criamos sem propósito, e que não seríeis retornados a Nós? (Os Crentes, Alcorão 23:115)

· Ou pensas que a maioria deles ouve ou compreende? Qual! São como o gado; qual, são mais irracionais ainda! (O Critério, Alcorão 25:44)

· Não refletem no fato de que seu companheiro não padece de demência alguma? Que não é mais do que um elucidativo admoestador? (Os Cimos, Alcorão 7:184)

· Se tivéssemos feito descer este Alcorão sobre uma montanha, tê-las-ias visto humilhar-se e fender-se, por temor a Deus. Tais exemplos propomos aos humanos, para que raciocinem. (O Desterro, Alcorão 59:21)

Ao estudar os muitos casos de novos convertidos muçulmanos, vemos que engajar em pensamento crítico e raciocínio intelectual levou as pessoas a mudar suas crenças não islâmicas - as mesmas crenças que antes tinham supostamente movido montanhas, mas foram diluídas pela voz da razão facilmente ouvida nas raízes do Islã.  Um mero processo de pensamento e reflexão traz muita luz ao que de outra forma permaneceria velado pelas distrações e forças dos estudiosos anti-Islã.  Aqueles que são levados a ver somente o negativo não conseguem ver a luz da verdade. Ao contrário, engajam em uma análise superficial interminável para tentar provar, sem sucesso, suas filosofias desorientadas.

Existem muitas estatísticas na mídia que destacam a taxa fenomenal nas qual as pessoas estão se convertendo ao Islã.  Embora a autenticidade de todas essas fontes não tenham sido validadas para o propósito deste artigo, algumas delas incluem as que se seguem:

· De acordo com "The Almanac Book of Facts", a população aumentou 137% na década passada e enquanto o Cristianismo aumentou 46%, o Islã aumentou 235%.

· Só na América 100.000 pessoas por ano se convertem ao Islã.  Para cada homem que se convertem ao Islã, 4 mulheres se convertem ao Islã

· Reportagem de TV: 4.000 alemães se convertem ao Islã a cada ano

· Em torno de 25.000 pessoas se convertem ao Islã todos os anos só no Reino Unido

· ... existem muitos outros exemplos.

E os muçulmanos?

Se vozes da razão embutidas nos ensinamentos do Islã estão fazendo não-muçulmanos se reverterem em massa ao Islã, por que tantos muçulmanos nascidos na religião geralmente não a seguem plenamente e desfrutam dos ensinamentos da religião?  O fato é que pode ser a ausência de pensamento crítico e reflexão por parte de alguns muçulmanos que está forçando o mundo muçulmano a ter um modo subpadrão de vida como um todo.  O Islã e seus ensinamentos prometem uma vida plena e pacífica para todos.  Ainda assim os muçulmanos continuam a ignorar o básico e se emaranhando em questões sociais e morais que causam dor e sofrimento desnecessário eles próprios e as suas famílias.  O fato é que somente se pensarem e refletirem sobre os ensinamentos de sua própria religião podem escapar dos muitos problemas e desafios que enfrentam.

A mensagem

Para os não-muçulmanos que apenas tocaram a superfície do Islã e podem estar sendo distraídos pelos líderes errados dessa religião e pelas vozes parciais na mídia, a mensagem é simples - tentar ver os ensinamentos do Islã com uma lente crítica.  Pode ser que você seja capaz de ver mais razão do que pensou inicialmente.  Para os muçulmanos, a mensagem é que às vezes não apreciamos os ensinamentos de nossa própria religião simplesmente porque nunca pensamos e crescemos além das poucas práticas religiosas em nossas vidas operacionais.  Um esforço focado para aprender, pensar e refletir mais nos ajudará a nos aproximarmos dos ensinamentos religiosos para que possamos melhorar nossas vidas drasticamente.

http://www.islamreligion.com/pt/articles/1945/o-que-leva-as-pessoas-se-converterem-ao-isla-parte-2-de-2/

Hierarquia do Artigo:
Artigos Os Benefícios do Islã O que leva as pessoas a se converterem ao Islã (parte 2 de 2)


Navegação de Artigos:

<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>
Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Página Inicial | Últimos Artigos | Crenças do Islã | A Outra Vida | Evidência do Islã | Religião Comparada | Perguntas e Respostas | Busca | Contato |
Centro Islâmico Brasileiro (c) 2009-2021. Todos os direitos reservados.
Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2021 by Nick Jones.
Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3
voltar ao topo